terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Capivaras Guardiãs do bolo São Paulo 465 anos


No ultimo dia 25 de janeiro, São Paulo completou 465 anos de idade e o Mercado Municipal, 86 anos.  Ricardo Magalhães, o confeiteiro que já a 15 anos faz os bolos oficiais da cidade, com o patrocínio da APECC (Associação Paulista dos Empreendedores do Circuito das Compras) veio com algumas novidades.

Alem dos 96 frutas, cada qual representando um bairro da cidade, Ricardo encomendou a Luiz Pagano, criador da Capivara Parade para criar quatro capivaras em forma de dioramas para representar os quatro espíritos Guardiões do bolo de aniversário de São Paulo:

Conceito das CAPIVARAS GUARDIÃS (assista ao vídeo)


01 - CAPIVARA DANTES

Esta capivara guarda a vida privada da família Paes de  Barros, Corrêa de Moraes, Dumont Villares e todas as demais famílias que escreveram a historia da vila de São Paulo Paulo de Piratininga. Cada qual com seus ilustres antepassados, construíram nosso orgulho de ser paulistano.

 02 – CAPIVARA GUI.
Esta capivara guarda o nobre espírito de Guilherme de Almeida, o “Poeta da Revolução de 1932”, que participou ativamente na Semana de Arte Moderna de 22, lindamente celebrado no quarto centenário da cidade de São Paulo. Se São Paulo é o resumo do mundo, como certa vez foi citado por ele, Guilherme de Almeida é o Resumo de São Paulo. 

 03-CAPIVARA JESUÍTA 
Esta capivara guarda o espírito dos missionários Jesuítas que fundaram a nossa cidade, estudaram os costumes dos nativos brasileiros e foram os grandes guardiões da cultura Tupi. Foram expulsos do Brasil pelo Marquez de pombal em 1750, mas sem antes nos deixarem registros detalhados do idioma Tupi, lendas como a do curupira e do saci e os nomes topográficos como Iguatemi, Morumbi que jamais nos deixa esquecer de nossa rica e bela origem. 

 04 CAPIVARA RICARDO SEVERO.
Esta capivara guarda o grande espírito luso/brasileiro responsável por grandes obras de engenharia realizadas em São Paulo ao lado de Ramos de Azevedo. Severo foi o grande fomentador do associativismo, participou da fundação da Câmara de Comercio Portuguesa e da Casa de Portugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário